[ editar artigo]

7 Hábitos que Você precisa Abandonar se quiser Ter Sucesso

7 Hábitos que Você precisa Abandonar se quiser Ter Sucesso

 

Correr atrás dos seus sonhos e apostar em projetos pessoais exige uma grande dose de esforço e coragem. Permanecer estático no mesmo lugar, apesar de ser entediante, causa muito menos dor do que ir realmente em busca de algo que você acredita. Muita gente só vê os frutos colhidos do final, e acha que pessoas bem sucedidas tiveram “sorte” – mas na verdade, a palavra sorte em 90% dos casos deveria ser trocada pela palavra “merecimento.”

Ouvimos muitos casos de pessoas que começam a investir tempo e energia para fazer o que eles realmente gostam, mas que param no meio do caminho quando encontram as primeiras dificuldades. E depois, dizem que não deu certo, que o mercado não estava bom, que eles não tiveram sorte, dentre outras desculpas. Isso é natural, já que a verdade nesses casos costuma ser bem difícil de digerir: se algo que você estava fazendo não deu certo, o responsável por isso geralmente é você.

Não sinta-se culpado, mas saiba, que Você é a solução para Você mesmo - A Hora é Agora!

Verifique se Você está cometendo esses erros apontados por Juliana Garcia:

1. Procrastinação

Enrolar, deixar pra depois, amanhã eu faço… Se você quer ver seu negócio dar frutos, vai ter que cortar essa erva daninha pela raiz. Em primeiro lugar, é bom entender que por trás da procrastinação muitas vezes está o perfeccionismo. A exigência da perfeição pode estar fazendo você querer dourar demais a pílula, enrolar para lançar seus projetos. Drible isso com muito pé no chão e ação. Já!

2. O medo do julgamento ou “o que os outros vão pensar?”

Essa preocupação bloqueia sua criatividade, mina sua autoconfiança e ainda dá força para a procrastinação. Claro, você não pode esperar lançar um produto e achar que não importa o que seus clientes pensam. A questão é: pra saber o que seu cliente pensa, não dá para ficar criando hipóteses e mais hipóteses na sua cabeça, precisa agir, perguntar, interagir, colocar sua ideia no mundo.

3. A necessidade de estar sempre certo

Filho do medo do julgamento, o medo de errar também paralisa. Porém o mais curioso nisso é que esse medo nos cega para o seguinte fato: se não estivermos em nosso verdadeiro caminho, as coisas já estão erradas. É ou não é?

Então, viva, se lance, se tropeçar, levante, caminhe, lance sementes, faça acontecer.

4. Os papos negativos

Se você quer crescer, precisa se cercar de pessoas, climas e ideias que promovam crescimento. Começando por suas conversas internas e se expandindo para o cotidiano. Não alimente papos que diminuam os seus sonhos, que acabem com sua esperança, que coloquem em dúvida o seu potencial.

5. Críticas e reclamações

O clima da reclamação e da crítica alimenta os papos ruins, climas sabotadores e crenças negativas. Experimente: 21 dias sem reclamar ou criticar nadinha! Se criticar ou reclamar, volte a contagem. Supere esse vício, já!

6. Resistência à mudança

Vivemos na tendência à inércia, a se manter no mesmo lugar, no que já é conhecido. Ressignifique isso! Mudar é bom. Mudar é positivo. Mudar faz a gente crescer e conhecer novos ares. Abrace a mudança!

7. As velhas desculpas

Elas não servem mais para você, não condizem com a nova vida que você quer levar. E o principal: você não precisa delas para se proteger. A partir de agora você tem outros escudos mais eficazes: seu trabalho, seus sonhos, sua vontade, sua energia positiva, sua criatividade. Você tem boas companhias para seguir crescendo, abandone o medo e siga em frente.

O que mais você precisa abandonar? E que novas atitudes você escolhe pra lhe acompanhar?

Ter a certeza de um futuro promissor precisa do autoconhecimento, domínio da Inteligência Emocional, planejamento, metas e estratégias que o Processo de Coaching oferece.

Agende uma consultoria  41 – 9  9812-7296

Um forte Abraço

Coach Wanda Calvente

Vale do Pinhão
Wanda Calvente
Wanda Calvente Seguir

Coach Wanda Calvente- Transformando Vidas! Excutive Self Life Coach, Palestrante, Psicoterapeuta, Psicopedagoga, autora do livro A Hora é Agora.

Ler conteúdo completo
Indicados para você