[ editar artigo]

Se prepare para as consequências comerciais do COVID-19

Se prepare para as consequências comerciais do COVID-19

O que muitos acreditavam que não ia acontecer, aconteceu: o COVID-19 (popularmente conhecido como Coronavírus) chegou ao Brasil.

chegou de uma maneira bem impactante, empresas liberaram seus funcionários para fazer home office (trabalhar de casa), eventos públicos estão sendo cancelados, lojas, restaurantes e cinemas estão fechando.

Até parece que a história do filme “Contágio” saiu da ficção e veio direto para realidade, mas calma, se você seguir as recomendações das autoridades médicas, todo mundo vai passar por essa situação da melhor forma possível.

Por falar em saúde, em momento de pandemia, a saúde financeira da sua empresa também deve ser olhada com atenção.

E para manter tudo sob controle, a equipe de Celero está trabalhando tudo para criar conteúdos que serão muito úteis para manter a sua empresa saudável em tempos de pandemia.

Além desse texto, você pode conferir o artigo onde damos dicas de como você pode manter a sua empresa funcionando normalmente clicando aqui.

Também falamos como o pacote de medidas emergenciais anunciado pelo governo pode impactar pequenas e médias empresas. Esse artigo pode acessado clicando bem aqui.

Mas, o foco deste artigo será mostrar quais medidas você pode tomar a partir de hoje para manter o bem estar do(s) seu(s) funcionário(s) e garantir a saúde financeira da sua empresa durante o ano, então, bora lá.

Tenha consciência que…

É natural as vendas caírem, ter atenção com a inadimplência (tanto do seu lado quanto do outro, mas já vamos falar melhor sobre isso) e questões operacionais.

Vamos começar com as questões operacionais já que ela envolve pessoas, ou seja, funcionários.

Ficar em casa é necessário, mas a produtividade, como fica?

Se a maioria das tarefas executadas pelos seus funcionários podem ser realizadas remotamente, ou seja, de casa, não tem desculpa para manter o pessoal na empresa.

Mas é muito importante alinhar com o RH quais orientações são necessárias para o pessoal não desanimar, se manter produtivo e, principalmente, não achar que as férias chegaram antecipadamente (exceto para pessoas que realmente estão de férias).

O RH da Celero fez um guia para trabalho remoto muito útil e legal, se você ainda não tem ideia de como orientar os seus funcionários, seguem algumas dicas direto do nosso guia:

  • Peça para as equipes manterem a comunicação e o alinhamento de tarefas com reuniões diárias via Skype, Slack, Google Hangout, enfim, qualquer plataforma de comunicação e/ou vídeo conferência;
  • Fala para eles escolherem um local de trabalho confortável, iluminado e com menos interferência externa possível;
  • E peça para eles evitarem sair de casa, a menos que seja extremamente necessário;

Com essas pequenas medidas, você já consegue manter o bem-estar dos seus funcionários para que o impacto do COVID-19 seja o menor possível.

Agora, vamos falar da saúde financeira da sua empresa durante esse período.

E minha empresa, como fica?

Bom, antes de mais nada, é importante reforçar que é normal haver uma queda nas vendas em momentos de crise.

Você precisa projetar o cenário da sua empresa, então, veja alguns passos que você tem que tomar para manter tudo sob controle.

É essencial que você analise o cenário atual da sua empresa, você precisa entender o fluxo de caixa e ficar atento no que está por vir em termos de contas a pagar e receber.

Vamos entender o que isso significa na prática.

Para começar, o fluxo de caixa é o resultado financeiro da empresa baseado em tudo o que foi pago e recebido.

A partir desses dados, o responsável pelo setor financeiro (pode ser você ou outra pessoa) consegue analisar a movimentação financeira da empresa durante um determinado período.

E o fluxo de caixa é separado em 3 categorias:

  • Operacional – tudo que é relacionado a parte operacional do negócio, isso envolve compra equipamentos, cursos profissionalizantes, pagamento de funcionários e etc. Essa é parte mais delicada do seu fluxo de caixa, a atenção aqui deve máxima;
  • Financeiro – é, literalmente, o dinheiro que transitou durante o fluxo e envolve empréstimos, aportes e dinheiro recebido de fontes que não têm relação com as operações da empresa;
  • Investimento – é o valor investido para o desenvolvimento do produto, por exemplo;

Baseado nas 3 categorias, nós indicamos que você faça uma lista de tudo o que envolve o seu fluxo de caixa para fazer uma análise do que é prioridade e precisa ter uma atenção maior sua nos próximos dias de quarentena.

Depois de montar a lista, você vai separar cada item em duas “caixas”: essenciais e secundários.

Essencial se é tudo aquilo que você não pode atrasar o pagamento.

Por exemplo: pagamento de salários, conta de água, luz e internet, entre outras coisas que são vitais para a sua empresa e, principalmente, para os seus funcionários.

Acho que você já deve ter reparado que muita coisa da parte operacional está na caixa do “essencial”.

O secundário é tudo que pode ser negociado.

Por exemplo, re-negociar prazo de pagamento com fornecedores. Para passar mais segurança, combine uma data boa para ambos os lados para esse pagamento.

Se possível, considerem mudar a forma ou prazo de pagamento que foi combinado antes de toda essa situação acontecer.

É sempre importante ter em mente que os seus fornecedores também estão passando pelo mesmo problema que você, é importante ter muita delicadeza na hora de negociar para que nenhum dos lados seja prejudicado.

Tudo o que não é vital para o funcionamento da sua empresa, considere remover dos seus gastos, todo investimento inteligente é essencial agora.

E as vendas, onde elas se encaixam?

Acho que essa altura do artigo você já deve ter percebido que vender mais não faz parte da equação e seria responsável de nossa parte dizer que isso é plenamente possível.

Mas, o que é possível fazer é pelo menos tentar manter as vendas acontecendo para que você não tenha prejuízo no balanço final.

Como contato e frequentar locais com muitas pessoas não é recomendado, sabe aquelas ferramentas que mencionei para vídeo conferência no início do artigo? Então, esse pode ser um bom momento para usar uma delas.

Se você consegue mostrar o que seu produto ou serviço faz através de um vídeo, agende demonstrações.

É assim que a Celero mostra de maneira personalizada o que a nossa plataforma faz para os nossos clientes. Fazer demonstrações é uma boa maneira de apresentação personalizada.

Se esse é um método que não se encaixa no seu negócio, considere fazer transmissões ao vivo nas redes sociais da sua empresa, é uma forma de se conectar com o seu público, não ser esquecido e, de quebra, realizar ofertas exclusivas.

Se você tiver uma equipe de suporte e/ou uma equipe de vendas, mostre que eles estão disponíveis para atendimento em horário comercial e que eles estão preparados para responder perguntas.

Encontre uma forma criativa para manter as vendas em operação, você vai vender o mesmo do que um período normal de trabalho? Provavelmente não, mas é melhor do que nada.

Expectativa x Realidade

Se depois de ler tudo isso você acha que a sua empresa está em boas condições para passar pela quarentena sem muito problemas, ótimo!

Maravilha, é isso que queremos que aconteça com todas empresas (mesmo sabendo que não é possível).

Mas é bom alinhar bem as suas expectativas quando for fazer o balanço no final do ano.

É bem provável que as vendas caíam e que o faturamento não seja o que você espera, então, prepare o psicológico e tenha em mente que as projeções que você está esperando talvez não aconteçam.

Seguindo as dicas desse artigo e acompanhando os conteúdos gratuitos do blog da Celero, a sua empresa tem grandes chances de passar por essa turbulência com menos danos possíveis.

Esse artigo pode ajudar muitas empresas, então, não deixe de compartilhar nas redes sociais para que ele alcance ainda mais pessoas e se você tem alguma pergunta, coloque nos comentários, a nossa equipe responderá assim que possível.

E acompanhe o nosso blog sobre Gestão Financeira em meio ao COVID-19.

 

P.S.: Só para reforçar, todo o conteúdo que estamos produzindo sobre o impacto do COVID-19 é totalmente gratuito, fique a vontade para compartilhar.

Ler conteúdo completo
Indicados para você